Você sabe como medir o clima organizacional de sua empresa?

Como você sabe, a maior parte do tempo que um indivíduo passa acordado é no ambiente de trabalho. Portanto, o ambiente é uma chave fundamental para a decisão de um profissional fazer ou não parte da sua empresa. Locais que não dão suporte para um dia a dia de qualidade geram improdutividade, conflitos constantes e abandono de funções. Para saber como anda a sua empresa, é essencial fazer periodicamente pesquisas de clima organizacional.

Você ainda não conhece profundamente o assunto? Para saber o que é, como medir e quais as vantagens de estar a par do clima organizacional, continue a leitura deste post.

O que é clima organizacional?

Clima organizacional é a resposta do colaborador à estrutura e aos relacionamentos horizontais (entre colaboradores de um mesmo nível hierárquico) e verticais (entre subordinado e superior) na sua empresa. Resumindo: como ele se sente em relação aos gestores, à equipe e à infraestrutura do local.

A percepção do ambiente profissional é algo muito subjetivo, portanto, será diferente para cada colaborador. No entanto, por meio da medição do clima organizacional, é possível ter uma ideia de como a maioria dos profissionais se sente em relação à empresa para, caso seja negativa, implementar ações que possam desenvolvê-la.

Como medir o clima organizacional?

Como você viu, embora seja subjetivo, o clima organizacional influencia fortemente as relações no ambiente de trabalho e a motivação dos colaboradores, tanto positiva quanto negativamente. Além disso, é um conceito mensurável, desde que você use as ferramentas corretas.

Para descobrir como anda a percepção dos colaboradores no ambiente e dos outros indivíduos da instituição, o gestor de recursos humanos deve fazer constantes pesquisas de satisfação. Vale notar que os índices de clima organizacional não são eternos: hoje, podem estar aceitáveis; amanhã, difíceis de lidar.

Para fazer uma pesquisa, considere os seguintes aspectos:

  • ter um objetivo: faça com que o questionário tenha um foco de comum interesse a todos os envolvidos. Há algum problema no momento que a empresa deseje resolver? Considere-o como um tema;
  • elaborar o questionário pensando no método e na forma de analisar os resultados. É importante ter, pelo menos, um espaço para que os funcionários possam deixar a opinião com as próprias palavras, e que o anonimato seja garantido;
  • as questões devem abordar desde a estrutura até gestores, forma de trabalho, plano de carreira e benefícios oferecidos pela empresa. No entanto, é importante que o questionário não seja muito longo;
  • informar a todos os colaboradores sobre a pesquisa, tempo para respondê-la e prazo de entrega das respostas. É essencial que eles tenham ciência da sua importância e que percebam um retorno rápido e efetivo;
  • fazer um relatório que possa ser apresentado aos gestores e colaboradores. A partir daí, é hora de estudar as respostas e implementar ações que possam reverter os pontos negativos.

principios-da-influencia

Quais as vantagens de medir o clima organizacional?

Aferir constantemente a convivência no ambiente de trabalho traz inúmeros benefícios para todos os envolvidos. Veja:

Melhoria da percepção dos colaboradores

Quando o funcionário percebe que a empresa se preocupa com a qualidade dos relacionamentos profissionais, sua percepção em relação a ela aumenta. Apenas a pesquisa, ou seja, a oportunidade para que ele possa se expressar anonimamente sobre o ambiente de trabalho, já colabora significativamente para suas percepções. Isso ocorre, principalmente, porque ele nota a humanização da relação empresa-colaborador, deixando de se sentir apenas um número.

Aumento da produtividade

Obviamente, pesquisas de satisfação não devem ser o fim, e sim o meio para um dia a dia de qualidade na empresa. Se o colaborador perceber que a empresa perguntou apenas por perguntar, o efeito poderá ser pior.

A implementação de ações que efetivamente solucionem problemas organizacionais, ou seja, que não aconteçam apenas por aparências e que sejam voltadas para a realidade dos colaboradores, vai proporcionar um ambiente muito mais agradável. Com isso, o funcionário terá como executar suas tarefas com mais facilidade e se sentirá mais motivado a gerar os melhores resultados.

Além disso, a motivação dos colaboradores tem relação intrínseca com a valorização que a empresa dá aos seus profissionais. Não há como trabalhar em um local em que gritos, conflitos constantes, cobranças e prazos surreais imperam.

Implementação de soluções adequadas

Para que o departamento de recursos humanos possa atuar de maneira adequada, é preciso conhecer os principais problemas dos seus colaboradores. Isso evita ações precipitadas, retrabalhos e a impressão de que o funcionário não é relevante para a organização.

Descoberta de problemas não tão evidentes

Há conflitos dentro de uma empresa que, embora com dedicação por parte do RH, não são descobertos em um primeiro momento ― um assédio moral feito de forma velada, por exemplo. Esse problema, até então desconhecido, pode ser o ponto-chave para que seus colaboradores queiram sair da organização, desestimulem resultados e influenciem outros profissionais a fazerem o mesmo.

Com uma pesquisa de satisfação anônima, os funcionários têm a oportunidade de falar abertamente e fazer denúncias que, por medo de represálias e do desemprego, não conseguem fazer pessoalmente. Portanto, além de descobrir como anda o clima organizacional e proporcionar ações efetivas, esse instrumento é essencial para a manutenção de um ambiente de trabalho saudável.

Influência na saúde do trabalhador

Um clima organizacional ruim pode ser causado por inúmeros fatores: relações desrespeitosas, assédio moral e, até mesmo, sexual, carga de trabalho exaustiva, condições de trabalho precárias e equipamentos de má qualidade, por exemplo. Isso afeta tanto a saúde física quanto a mental do trabalhador. Entenda:

  • saúde física: máquinas quebradas ou com mau funcionamento podem gerar acidentes. Além disso, más relações de trabalho atenuam quadros de diabetes e doenças cardiovasculares;
  • mental: essas mesmas relações, a alta carga de trabalho e o estresse causado por elas desencadeiam patologias mentais, como doenças causadas por ansiedade e depressão.

O clima organizacional influencia a vida do colaborador tanto dentro quanto fora da empresa. Portanto, não deixe de considerar todos os aspectos fundamentais para os colaboradores na hora de fazer uma pesquisa de satisfação.

Pesquisas VitalSmarts

Como você viu, o clima organizacional é a percepção do colaborador sobre tudo o que a empresa o proporciona. É um conceito subjetivo e psicológico, mas mensurável e que influencia tanto as relações internas quanto a contratação de futuros profissionais.

Pesquisas de satisfação constantes podem eliminar problemas estruturais e descobrir conflitos até então considerados inexistentes. Não deixe de fazê-las em sua empresa e, a partir das respostas, implementar ações efetivas para a melhoria do ambiente de trabalho.

Gostou de saber formas de desenvolver o clima organizacional? Aproveite e descubra agora a importância do treinamento nas empresas!