O que você precisa saber sobre o empreendedorismo corporativo

Nos últimos anos, tem aumentado de forma significativa o número de colaboradores que deixam seus empregos formais com o intuito de montarem o próprio negócio. Esse fenômeno, entretanto, tem riscos que precisam ser avaliados para que o “tiro não saia pela culatra” — nesse sentido, o tema do empreendedorismo corporativo ganha enorme relevância.

Saber como gerir um negócio de forma inovadora é essencial para o sucesso organizacional. Mas você sabe o que isso significa e qual é a sua verdadeira importância? Para entender como funciona esse universo e descobrir quais são as principais características de um empreendedor corporativo, continue a leitura!

O que é empreendedorismo corporativo?

Baseado principalmente nos conceitos de inovação e renovação, o empreendedorismo corporativo é um conjunto de ações aplicado em um negócio com o intuito de maximizar e otimizar os resultados. O empreendedor corporativo busca o lançamento de novos conceitos, bem como a atualização contínua das técnicas e abordagens já existentes.

Vale salientar que a adoção desse método é feita para permitir o crescimento saudável da empresa. Dessa forma, é possível colocá-la em um patamar de alta competitividade frente à concorrência, principalmente se levarmos em consideração as atualizações nos padrões de consumo. Hoje em dia, são necessárias estratégias cada vez mais diferenciadas para atrair novos clientes.

Pesquisas VitalSmarts

Como ele funciona na prática?

Para que a implementação do empreendedorismo corporativo seja próspera e rentável para a companhia, é preciso que haja inicialmente uma transformação na cultura organizacional do negócio. Mas o que isso significa? Quer dizer que as mudanças estratégicas exigem muito mais que palavras ou um discurso bem ensaiado.

É essencial que as atitudes saiam do papel e sejam, de fato, aplicadas e moldadas à realidade da empresa. Assim, o que deve ocorrer na prática é a estimulação de talentos dos colaboradores, bem como o compartilhamento integral de informações e conhecimentos com os colegas. Além disso, o empreendedor deve incentivar constantemente a criatividade de seus funcionários.

Outras práticas efetivas são a distribuição de responsabilidades específicas de acordo com as aptidões pessoais e a oferta de recompensas que aumentem a motivação e o engajamento da equipe. Quando executadas em conjunto, todas essas ações aumentam a produtividade geral dos funcionários e fazem com que o processo de transição apresente os melhores resultados possíveis.

Quais são as principais características de um empreendedor corporativo?

Com um papel de grande impacto nos resultados da organização, o empreendedor corporativo precisa ter — ou adquirir — alguns talentos essenciais às suas atividades. Vejamos os principais deles!

Visão sistêmica

Um empreendedor corporativo deve ter a capacidade de visualizar o funcionamento geral de todos os setores do negócio para entender como cada departamento interfere nos demais. Tendo essa visão de todo o sistema, ele consegue compreender de forma eficaz os papéis de cada colaborador, agindo para manter toda a estrutura organizacional bem integrada.

Senso de liderança

Essa habilidade é percebida — de longe — naqueles que têm tino para empreender. A capacidade de liderar pode se basear em alguns pilares, que são os sensos de priorização, assistência, propósito e responsabilidade. Algumas outras características colaboram para os bons resultados:

principios-da-influencia

Capacidade inovadora

A capacidade de inovar em um ambiente empresarial é indispensável para que o empreendedorismo corporativo obtenha êxito. Ao contrário do que se imagina, este fator não se refere apenas à criação de novos procedimentos, mas também está intimamente relacionado ao aperfeiçoamento de processos já existentes.

Criatividade

A criatividade é um traço marcante em bons empreendedores corporativos. Ela é uma ferramenta que atua tanto na resolução de problemas, quanto na elaboração de novos métodos para o desenvolvimento organizacional. Quando utilizada com o espírito de inovação, produz ideias visionárias e por vezes inéditas, que viabilizam o alcance de resultados nunca antes esperados.

Quais são os benefícios desse modelo para os negócios?

Sabendo que o empreendedorismo corporativo surge como complemento do modelo tradicional das organizações, é interessante abordar alguns dos inúmeros benefícios que ele traz. Vejamos abaixo!

Redução de gastos

O empreendedorismo corporativo busca, além da inovação e da renovação do modelo de negócio, a melhoria na relação custo-benefício de processos organizacionais. Isso quer dizer que os empreendedores corporativos conseguirão aprimorar a quantidade de recursos que a empresa dispõe, bem como a utilização consciente dos mesmos, através da busca por soluções práticas e a antecipação de problemas que eventualmente poderiam atrapalhar o processo.

Colaboração direta dos funcionários

Para quem vive o dia a dia do chão de fábrica, sabe da dificuldade que é participar das decisões estratégicas da empresa. No empreendedorismo corporativo, porém, os colaboradores são tratados com a idéia de que são mais fortes juntos — o sucesso coletivo passa a ser considerado como uma missão de cada indivíduo. O desenvolvimento desse espírito de colaboração é fundamental para o aumento do rendimento e da produtividade na organização.

Motivação e satisfação por parte dos colaboradores

Colaboradores que têm voz ativa e contribuem para a transformação do local em que trabalham são, certamente, muito mais satisfeitos e motivados com as funções que lhes são atribuídas. O empreendedorismo é capaz de fomentar esse tipo de sentimento entre os colaboradores, já que existe um autêntico reconhecimento do indivíduo como parte essencial nas engrenagens da empresa.

Aumento da produtividade

Empresas que se preocupam com o investimento nos seus colaboradores, garantem a retenção de talentos e obtêm os melhores resultados quanto à motivação das equipes. Assim, o aumento da produtividade se torna uma consequência natural ao se investir no desenvolvimento das metodologias dentro da organização.

O atual cenário corporativo exige que bons gestores tenham originalidade e estejam constantemente se reinventando para acompanhar as exigências do mercado. Com esta demanda, surgem diversas estratégias que propiciam e facilitam estas transformações. Verdadeiros empreendedores exploram as diferentes possibilidades e encontram o melhor de cada uma delas.

Agora que você já sabe como o empreendedorismo corporativo funciona, sabe quais são suas vantagens e como aplicá-lo, não perca tempo! Implemente uma nova forma de gestão como a solução para alavancar os resultados do seu negócio. Afinal, o mercado está cada dia mais competitivo e são poucos os que conseguem se destacar!

Gostou do nosso artigo e quer ficar por dentro de outros conteúdos exclusivos? Então assine a nossa newsletter e receba-os diretamente na sua caixa de entrada!