O que pode causar o turnover na empresa? Conheça 6 motivos

Uma parte fundamental de toda organização é o seu quadro de colaboradores. Por isso, devemos ter atenção especial aos cenários de desequilíbrio e descontentamento no ambiente de trabalho, já que uma de suas consequências mais evidentes é o turnover na empresa — a alta taxa na rotatividade dos funcionários é extremamente prejudicial para o crescimento de qualquer negócio.

É importante lembrar que um profissional pode levar até 2 anos para estar totalmente inserido na companhia e realizar seu trabalho sem qualquer dúvida. Então, quando há turnover, é possível de você esteja perdendo muitas pessoas competentes em um curto prazo e, assim, sobrecarregando o resto da equipe, tendo que recomeçar o processo seletivo e por aí vai. Ou seja: tempo e dinheiro perdido para todos.

Portanto, nada melhor do que entender o que realmente causa o turnover na empresa para evitar ao máximo ter que enfrentar esse grande obstáculo organizacional. Confira abaixo os principais motivos!

1. Falta de cultura organizacional

Uma empresa que realmente quer envolver todos os colaboradores de maneira sustentável precisa focar no desenvolvimento de uma boa cultura organizacional. Isso quer dizer que todos os valores, as missões e os objetivos da companhia devem ser definidos e repassados a todos os profissionais, a fim de engajá-los em prol de um objetivo comum.

Sem contar que esse tipo de ação é essencial para manter a identidade da empresa, tendo um bom alinhamento com suas principais metas. Por isso, quanto mais desenvolvida esta estratégia estiver, melhor será para diminuir o turnover na empresa. Se você não estiver com uma cultura bem esclarecida, os colaboradores podem se visualizar em um local desorganizado e sem futuro.

2. Falta de lideranças

Eis aqui outro fator muito impactante em negócios com uma rotatividade imensa: a falta de lideranças. Uma das bases para esta ausência é justamente o que falamos no tópico anterior: a falta de uma cultura organizacional clara e objetiva. Mas isso vai além, pois mostra também um RH enfraquecido e sem controle sobre seus próprios colaborados.

No cenário ideal, é necessário que cada área tenha ao menos uma liderança. Essas pessoas deverão ser as principais responsáveis pelo desenvolvimento da suas equipes, devendo incentivá-las na busca por resultados e, mais importante, sendo referências quando existirem dúvidas e questionamentos. Ou seja, é primordial para a manutenção de seus colabores poder contar com gestores e líderes eficazes em suas equipes.

principios-da-influencia

3. Falta de uma comunicação assertiva

Uma empresa que não se comunica bem internamente tem grandes chances de entrar em um ciclo de alta rotatividade — e, pior, será um tanto difícil sair dela. A sugestão mais interessante nesse caso é realmente apostar e investir na comunicação em todas as esferas organizacionais. Quanto mais você conversar com seus profissionais, mais o relacionamento empresa-colaborador será fortalecido.

Promova debates, grupos de discussões e trocas de experiências entre as equipes, além de sempre dar e receber feedbacks quanto ao trabalho de todos. É fundamental que haja uma política de portas abertas, para que todos os colaboradores se sintam à vontade para se expressarem, opinarem e se sentirem importantes para a empresa. Pense nisso.

4. Não apresentar um plano de carreira

Qual profissional gosta de entrar em uma empresa que nunca vai lhe oferecer possibilidades de crescimento? Esse questionamento é muito válido para evitar com maestria o turnover na empresa. Isso porque os melhores colaboradores pensam no presente, mas estão sempre de olho no futuro — e almejam crescer o máximo possível onde trabalham.

Nesse sentido, é importante reunir os gestores e líderes, para que juntos, desenvolvam planos de carreira para cada cargo da empresa. Depois, é essencial repassar essas informações para todos os colaboradores, assim eles se sentem valorizados e enxergam o grande potencial que existe em trabalhar na companhia.

O mais importante disso tudo é que um bom plano de carreira não só é uma das melhores estratégias na prevenção do turnover na empresa, como também, é uma ótima forma de manter os talentos que possivelmente farão toda a diferença nos resultados do seu negócio.

5. Carga excessiva de trabalho

Jornadas sem fim, horas acumuladas e estresse além do limite: um local com essas características é, de fato, propenso a uma alta taxa de turnover na empresa. Mesmo que a sua organização esteja passando por um período com muitas demandas, você não pode deixar de lado a saúde dos profissionais.

Não hesite ao contratar temporários para situações com alta carga de trabalho. Se você fizer isso, verá que os profissionais ficarão muito mais satisfeitos e contentes em ajudar nas tarefas, já que perceberão que você de fato se preocupa com eles. Lembre-se que, antes de ser um simples colaborador, esse profissional possui uma vida, família etc.

Jamais proponha uma carga excessiva de trabalho a ninguém. Além de ser perigoso para gerar descontentamento, isso pode, no futuro, ser motivo para potenciais processos trabalhistas. Então, nada mais inteligente do que se preocupar com a qualidade de vida em todas as áreas da companhia, não importando a ocasião e o momento. Busque sempre possibilidades para tornar as demandas menos desgastantes!

6. Salários estagnados

Todos os anos a taxa de inflação muda, os preços sobem e a vida vai ficando mais cara, principalmente nas grandes cidades, certo? Então, assim como sua organização passa a cobrar mais pelos serviços oferecidos aos clientes, esse valor também deve ser atualizado para os profissionais que trabalham com você.

Deixar colaboradores sem aumentos por muito tempo ou sem reajustes salarial é sim um motivo para o aumento do turnover na empresa. Portanto, busque manter uma situação salarial justa e atualizada, sempre reconhecendo a importância que os colaboradores têm pelo trabalho que exercem.

Depois de conhecer esses 6 motivos para o aumento do turnover na empresa, ficou claro que todas as situações são possíveis de evitar? Não se esqueça de que quanto mais bem definida for a sua cultura organizacional, menores serão as chances de deixar alguma ação importante de fora ou desfavorecer os colaboradores. Pense sempre que os profissionais mudam de emprego quando realmente estão insatisfeitos com algo.

Gostou do nosso conteúdo? Aproveite e continue a leitura vendo como diminuir o turnover na empresa!