Como e por que aplicar uma pesquisa de clima organizacional? Entenda!

Para que uma empresa consiga, de fato, entender as necessidades de seus colaboradores, uma das melhores ferramentas é realizar uma pesquisa de clima organizacional. Essa ação consiste em detectar como está o ambiente de trabalho, o que sentem e desejam os funcionários e se existem realmente colaboração e parceria importantes em todas as áreas.

A pesquisa é extremamente importante por impactar positivamente no crescimento da equipe, no desenvolvimento da gerência, na melhoria da comunicação e em muitas outras tarefas essenciais para a organização. Já que o clima organizacional é um dos principais fatores na produtividade e performance dos colaboradores — sem contar na satisfação deles com a organização.

Ou seja, é fundamental contar com uma boa pesquisa de clima organizacional. Pensando em ajudá-lo nesse sentido, separamos abaixo algumas dicas de como aplicá-la na sua empresa! Confira!

Tenha um planejamento estratégico

Para começar, elaborar um bom planejamento estratégico é primordial para o sucesso da pesquisa de clima organizacional. Inicie seus processos tendo em mente as principais metas da empresa para os próximos meses e anos. Com isso em mãos, você poderá listar o que é preciso para alcançar os melhores resultados e engajar os colaboradores.

Para você ter uma ideia, esse tipo de informação vai mostrar exatamente que caminhos seguir na elaboração da pesquisa de clima. Além disso, é interessante mensurar o tempo médio em que a ação será realizada, para que ela tenha o impacto desejado e realmente capte a essência do momento pelo qual a companhia está passando.

Não adianta você realizar uma pesquisa longa demais, que dure meses, já que ela pode acabar polarizada e sem respostas claras. Busque também realizar a atividade em períodos neutros do ano.

Elabore o questionário com base nos objetivos organizacionais

Quando chegar o momento de reunir as principais questões levantadas na pesquisa, tenha em mente os principais objetivos da empresa. Isso ajudará bastante a detectar se os conceitos e planos da organização estão claros para todos os colaboradores. Ou seja, o questionário deve conseguir respostas assertivas sobre isso!

Por exemplo: Se um dos objetivos organizacionais é promover planos de carreira sólidos e interessantes. No questionário, você pode perguntar ao colaborador se ele acredita que na empresa existam, de fato, possibilidades de crescimento. Assim, a resposta da pesquisa de clima organizacional dará um direcionamento positivo ou negativo sobre os assuntos que você precisa saber.

principios-da-influencia

Informe seus colabores detalhadamente

Após a finalização da etapa de construção da pesquisa de clima organizacional, chegou a hora de conversar com os funcionários. É agora que você deverá colocar em prática uma das mais importantes dicas desse processo: informar o máximo possível como o processo está acontecendo e para que servirão os resultados.

Por isso, busque compreender as dúvidas dos colaboradores, o que eles pensam a respeito, bem como o que esperam da iniciativa. Depois, comece a pesquisa, não deixando nenhum questionamento de fora. Lembre a todos de que a partir desse momento você está dando um passo fundamental rumo ao crescimento da empresa e, melhor, no desenvolvimento de talentos!

Quanto mais ricas forem as respostas, melhor para o questionário. O que vale nesse momento é conseguir dados que possam fazer a diferença na melhoria ou aprimoramento dos processos organizacionais. Para ficar ainda mais claro, se tiver algo que os funcionários não gostem, aprovem ou discordem, você pode questionar os motivos ou pedir idéias para resolver os problemas.

Reúna as informações

Terminado o período da pesquisa, é necessário reunir todas as informações para começar as análises do que foi recolhido durante as conversas ou questionários. Atenção: faça o possível para não perder nenhum dado ou qualquer resposta, para que não comprometa o resultado da pesquisa de clima organizacional.

Outra dica eficaz é separar as informações por áreas e interesse, assim, será mais prático para você fazer o levantamento do clima organizacional. Não só isso, como a execução da atividade terá mais chances de seguir dentro do prazo e com muito mais organização.

Analise os resultados

Checar e analisar os resultados é, o ponto alto de toda a pesquisa que você fizer. Não se esqueça de que as respostas conseguidas serão determinantes para garantir as mudanças organizacionais, e para a comunicação interpessoal, além de influenciar os comportamentos empresariais daqui para frente.

Esses resultados podem ser traduzidos como um dos passos mais importantes que a sua empresa terá dado. Afinal, ouvir os colaboradores e fazer de tudo para entendê-los é uma característica que organizações sólidas e competitivas têm em comum. Lembre-se de as organizações tem em seus colaboradores uma parcela fundamental para o sucesso no mercado!

Um detalhe que vale a pena considerar é a possibilidade de contar com especialistas no desenvolvimento do clima organizacional. Esses profissionais terão base nas respostas dos colaboradores e passarão a real situação da empresa, bem como tudo o que precisa mudar para assegurar os objetivos da organização e o que pode continuar servindo de exemplo.

Planeje as mudanças

Bom, chegando à etapa final desse ciclo, o planejamento de mudanças se torna natural e crucial. Como dissemos no tópico anterior, provavelmente durante a pesquisa você terá uma visão bem mais clara do que está dando errado e precisa melhorar. Aliás, é importante dizer que seus colaboradores são as pessoas certas para mostrar o que pode ser feito!

Planejar mudanças é algo que deve ser feito pensando em todos os colaboradores. Afinal, são eles que fazem parte do escopo de trabalho da empresa e que dão alma ao negócio, não é mesmo? Sem profissionais competentes, felizes e dedicados, como será possível conquistar novos clientes e fortalecer parcerias com outras companhias?

Como você pode notar, aplicar a pesquisa de clima organizacional é algo extremamente proveitoso para a empresa. Não à toa, essa prática pode ajudar em novos direcionamentos, mostrar tendências que vieram para ficar e, mais, são capazes de potencializar a dinâmica do trabalho com foco em satisfação e reconhecimento pessoal. Portanto, não hesite em se dedicar a isso, ao final será um ato muito valioso para a companhia!

Gostou? Então continue a leitura e veja 4 perguntas e respostas sobre o comportamento organizacional!