5 dicas para praticar a retenção de talentos na sua empresa

Não é nenhuma novidade que o êxito de um empreendimento depende, em sua maior parte, dos colaboradores que atuam nele. Por isso, é importante ter uma boa consciência do pessoal da empresa para, assim, promover a retenção de talentos. Afinal, uma equipe de talento vale muito quando o assunto é administração de negócios, não é mesmo?

5-dicas-para-praticar-a-retencao-de-talentos-na-sua-empresa.jpeg

Entretanto, saber como diminuir a rotatividade de funcionários e melhorar o grupo de trabalho é um desafio para muitos gestores. Por esse motivo, preparamos este artigo para explicar o que é a retenção de talentos, qual a sua importância na empresa e, ainda, dar dicas que ajudarão você a implantar essa política. Vamos conferir?

O que é a retenção de talentos?

Conforme foi dito, a retenção de talentos é, hoje, uma das maiores preocupações nos setores de recursos humanos das grandes empresas. A política consiste na capacidade de formar uma boa equipe de trabalho por meio da junção de pessoas que têm talentos necessários ao crescimento da organização.

As principais dificuldades são identificar quem são esses talentos e retê-los na empresa, pois, em geral, eles costumam receber várias propostas tentadoras para mudar de emprego. Tudo isso se deve ao destaque que esses profissionais conseguem no ambiente corporativo.

Então, como resolver essa problemática? Primeiramente, é preciso aprender a identificar quem é um profissional realmente talentoso e diferenciá-lo daquele que está apenas empolgado. Descubra abaixo como fazer isso!

Como identificar talentos dentro da empresa?

Antes de qualquer coisa, é essencial que líderes e gestores sejam pessoas acessíveis e transitem entre todos os setores da empresa, pois somente dessa forma é possível reconhecer as características de cada colaborador.

Além disso, é interessante que o líder observe bem quais funcionários têm características notórias, como: proatividade, engajamento com a missão da empresa, alta produtividade e qualidade do serviço. Esses são alguns pontos fundamentais para que um colaborador seja, de fato, considerado um talento.

E como retê-los?

Tão importante quanto observar o comportamento dos membros da equipe é compreender quando o problema não é a produtividade dos colaboradores, mas,sim,  o ambiente de trabalho que está prejudicando o rendimento deles.

Há diversos fatores que fazem com que um bom profissional se sinta desmotivado a dar o seu melhor na empresa e trabalhe sempre de forma medíocre. Portanto, veja abaixo algumas ações fundamentais para motivar a sua equipe e praticar a retenção de talentos:

1. Saiba valorizar os seus profissionais

Devido ao conflito entre as diferentes gerações no mercado de trabalho, muitas vezes é difícil identificar as necessidades de forma individual. E a dificuldade aumenta pelo fato de a geração Y — que está entrando agora no mercado de trabalho — e a geração X terem comportamentos completamente diferentes.

barreira entre geracoes

Por outro lado, há algumas atitudes que são motivadoras para qualquer ser humano. Por exemplo, saiba elogiar por meio de feedbacks positivos quando o colaborador fizer um bom trabalho. Assim, ele sentirá que recebe atenção da empresa e que é uma peça de grande valor para o sucesso da equipe.

2. Desenvolva bons planos de carreira

Um dos maiores motivos de turnover numa empresa é justamente o descontentamento com uma remuneração considerada injusta e/ou desatualizada. Com isso, muitos dos bons profissionais acabam se interessando por outras propostas de emprego que consideram mais atrativas.

Dessa maneira, é interessante manter os salários dos colaboradores sempre atualizados e oferecer bons planos de carreira para aumentar a retenção de talentos. Comece mapeando todos os cargos e funções e, após, estabeleça metas e recompensas para o bom trabalho desempenhado.

Além disso, é importante escutar o que os funcionários têm a dizer e quais são as suas expectativas, assim como quais são os motivos que os fariam abandonar o emprego — para que sejam evitados.

3. Promova um bom clima organizacional

Assim como um salário ruim, um ambiente de trabalho desagradável também faz com que profissionais deixem seus empregos. E, como sabemos, a alta rotatividade de funcionários é um problema que traz diversos prejuízos para a empresa.

Temos que concordar que é insuportável trabalhar em locais onde há líderes autoritários, pressão excessiva, fofoca e competição intensa entre os colegas. E para minimizar ou até mesmo acabar com esses conflitos, a melhor saída é investir em treinamentos comportamentais corporativos.

4. Melhore o ambiente de trabalho

Não é só o clima emocional da equipe que faz vários talentos deixarem seus postos. Manter um ambiente de trabalho extremamente engessado não é uma prática considerada saudável e muito menos produtiva.

Tanto é verdade que os maiores empreendedores já descobriram a necessidade de investir em outros atrativos para reter seus talentos. Quer exemplos? Muitas empresas já oferecem academias e restaurantes dentro das suas dependências, bem como espaços destinados exclusivamente ao descanso, à sociabilidade ou à prática de esportes.

Investir em sessões de alongamento ou yoga em momentos estratégicos do expediente também é uma boa alternativa para diminuir o estresse dos funcionários.

Pesquisas VitalSmarts

5. Aposte em treinamentos e capacitações

Se você deseja reter talentos, saiba que uma coisa é certa: todos os seus colaboradores vão achar muito gratificante trabalhar em uma empresa que investe na qualificação deles.

Junto com a visível preocupação demonstrada pelos gestores com a melhoria da performance dos funcionários, vêm os sentimentos de valorização e de gratidão por trabalhar em um local assim.

Apostar em cursos e treinamentos é um investimento, e não um custo, como tantos empresários imaginam. Existem diversos tipos de capacitações, e treinamentos comportamentais que ensinam à alinhar e motivar equipes, resultando no engajamento com os ideais da empresa.

Para que a prática de retenção de talentos funcione, é importante sempre encontrar meios de motivar seus colaboradores. Assim, você certamente conseguirá diminuir o turnover dentro da corporação e explorar, de forma assertiva, o potencial dos seus colaboradores.

Agora que você já entendeu a importância da retenção de talentos e sabe algumas dicas para praticá-la, assine a nossa newsletter e não perca outros conteúdos direcionados à melhoria do clima organizacional da empresa.

Close